Quando é amor de verdade, mesmo que acabe, não morre!

Tive forças e as levo comigo até hoje para lutar pelos meus sonhos, graças a eles. Eles que me fizeram acreditar que eu era capaz de fazer voos altos e não me esborrachar no chão, porque era o medo quem me faria cair e me impediria de viver. E eles me fizeram perder o medo em cada pequeno verso cantado. Transmitiam alegria e paz pros corações das milhões de pessoas que se tornaram o sétimo RBD. Deixaram marcas de amor nas nossas vidas.

Além de nos ensinar o famoso portunhol, os nossos queridos mexicanos Rebeldes, me ensinaram que rebeldia não tem nada a ver com anarquia, mas sim com o fato de ser sempre você mesmo, não importa quem você seja: a patricinha, a gótica, o gay, o negro... Nos ensinaram que todos somos um e que se temos o mesmo objetivo – a paz – todos podemos andar de mãos dadas, sem importar “sexo, língua ou religião”.

Um deles – nossa eterna Mia Colucci, que hoje dá nome à minha gatinha - nos disseram várias e várias vezes, algumas até em meio a lágrimas, que não devemos deixar a criança em nós morrer e implorou “nunca crescan”. E hoje, com 24 anos – mais ou menos a idade deles na época – mais do que nunca, consegui compreender o que isso quer dizer: que nunca devemos perder o que há de mais puro em nós - nossos sonhos, o desejo de acreditar no impossível do faz-de-conta das nossas brincadeiras. Que tudo o que com nosso coração desejarmos, do Universo receberemos. E eu agradeço eternamente por esse aprendizado.

Falar de sonhos parece utópico, até você partilhar o mesmo sonho com milhares de outras pessoas, ter a mesma loucura, amor e até veneração por ídolos que nos inspiram a sonhar mais e mais alto. E foi exatamente isso que aprendi com RBD, pessoas que independente de suas crises existenciais, emocionais, fugindo de padrões, enfrentando classes sociais, e ainda tendo que lidar com a passagem para a vida adulta, lutaram, deixaram as diferenças de lado e alcançaram o mesmo sonho: a música. eles me deixam uma única mensagem: "Eu posso ser quem eu quiser".

Hoje escolho ser Lupita, e trago pra minha vida e pra vida de todos que amo e convivo, as mesmas coisas que ela acreditava: amor, solidariedade, carinho, humanidade. Se existe algo que RBD me deixou, além de muitas saudades, é a certeza de que o amor sempre vencerá quaisquer que forem os obstáculos.

Antigamente, quando eu dizia que era a Roberta Pardo, era apenas por gostar de como ela era cheia de atitude e de como ela lutava por todos os seus sonhos e vontades. Hoje, após treze anos, aos meus 21, sei o porquê de ter escolhido ser ela quando pequena: ela me ensinou a ser forte. Vimos ela passar por altos e baixos, vimos ela chorar, sofrer, ser magoada... mas sabe o que mais nós vimos? Ela colocando um sorriso no rosto, saindo mundo à fora, e mostrando pra vida que ela podia dar quantos obstáculos fossem, ela estava pronta pra enfrentar cada um. Que podia machucá-la o quanto fosse, que ela levantaria e tentaria outra vez; que ela não pararia de sonhar, e nem teria medo de voar.

Se hoje sou forte e aprendi a lutar, foi ela quem me ensinou.

Aprendi com eles sobre amor infinito. Aprendi que existem coisas que tem seu fim, mas quando é amor de verdade, mesmo que acabe, não morre! E depois de treze anos, o meu maior orgulho é poder dizer que fiz parte de uma geração que se uniu com apenas um propósito: se abraçar (mesmo que distantes) e espalhar o amor; ser o amor. E o nosso amor, é infinito. E enquanto estivermos aqui, ele continuará intacto nas memórias, nos sorrisos e no coração de cada um, afinal, "RBD solo va a terminar cuando el ultimo corazón rebelde dejar de latir". E nossos corações baterão por eles eternamente!

#DiaMundialRBD
Texto colaborativo escrito por: STEPH LUZ, GRAZIELLE VIEIRA e REGIANE VIEIRA.

Você vai gostar de ler também

0 comentários

Instagram @oquesintoempalavras

TEXTOS SOBRE PERSONAGENS DE SÉRIES, FILMES, LIVROS E MAIS!

Combates: Livros e HQ's que basearam Filmes e Séries!

D I S C L A I M E R

Todo o conteúdo publicado neste site é de autoria dos escritores/colunistas. O compartilhamento sem os devidos créditos é proibido. A maioria das imagens usadas são de reprodução da internet - caso sua imagem esteja aqui sem os créditos, entre em contato.

FRASE DO DIA