A garota do ônibus

Em meio a semanas turbulentas, prova atrás de prova na faculdade, trabalho e todos os afazeres do dia a dia,  acabamos por deixar alguns detalhes do nosso dia passarem desapercebidos.

Ir para a faculdade para ele parecia algo tão normal, que os dias eram sempre iguais. Nenhuma novidade. Tudo era sempre igual, exceto em um magnífico e extraordinário dia.

Ele, um estudante que pegava o mesmo ônibus todos os dias, da faculdade e direto para o trabalho. Ela, a mulher mais linda que ele já vira um dia. A mulher mais linda que já cruzou o mesmo caminho. Ela parecia estar indo a um compromisso muito importante, pois estava muito linda. Totalmente perfeita. Mas talvez estivesse indo para o trabalho também.

E ele a via todos os dias dentro daquele mesmo ônibus, e por mais que passasse outro antes, era aquele que ele esperava, por razões obvias. É incontroverso que ele já estava gostando daquilo.

Ela sempre estava lá, sentada no mesmo lugar, cabelos grandes e escuros jogados de lado, com seus óculos, lendo seu livro preferido (bom... ele sabia que era o preferido, porque ela lia com muita ternura).

E ele via aquela cena e tentava encontrar um pouquinho de coragem para chegar nela e falar tudo o que o coração pedia, desesperadamente, para ele falar. Palavra por palavra. E isso acontecia todos os dias, sempre no mesmo ônibus, mesmo trajeto, até que ele cansou da covardia de ficar ali em pé, parado, olhando a oportunidade passar. Até que o destino ajudou (se bem que ele não acredita muito nessa história de destino), mas naquele dia a cadeira ao lado da sua futura amada estava vazia, e foi aí que ele respirou fundo e criou coragem suficiente, sentou ao lado daquela linda mulher e já foi perguntando qual o nome do livro que ela estava lendo. Na verdade, ele queria era saber o seu nome, mas estava tão desesperado, que não encontrou outra coisa pra falar naquele momento.

Logo em seguida, ele tomou mais coragem ainda, olhou bem no fundo dos olhos dela, ela fechou seu livro – sem nem marcar a página que estava lendo – olhou para ele e o ouviu atentamente, como quem queria muito ouvir o que aquele rapaz tinha para lhe falar. Como quem já sabia o que ele iria falar.

Ele disse o quanto ela era bela e maravilhosa, o quanto ele a queria, que aqueles momentos dentro daquele mesmo ônibus eram o que faziam das suas manhãs as mais belas todos os dias, e explicou o quão forte o seu coração batia quando a via, foi tudo o que ele disse. E ela simplesmente jogou o cabelo para o outro lado, olhou para ele e sorriu. Um sorriso meio sem graça e desajeitado, porém o sorriso mais lindo que ele já viu.

Bom... Eles namoraram por algum tempo, ficaram noivos e isso foi ficando tão sério que eles acabaram casando, e ficaram juntos para sempre (como assim, Estevão? Isso parece até história de filme). Pois é, foi igual. Era um amor descomunal, e que jamais alguém viu na vida. Era tudo muito perfeito e lindo!

Mas, quando ele menos esperava, ouviu um barulho sonoro – era um sinal que aos poucos aumentava de volume em sua cabeça. O motorista foi freando lentamente aquele ônibus, foi parando, logo em seguida as portas se abriram rapidamente, e ela com toda aquela leveza, pegou seu livro e sua bolsa e desceu, sem olhar para trás.

Ele, triste e desolado por ter acordado do seu sonho mais perfeito, olhou mais uma vez e se despediu da sua amada: “te vejo amanhã”.

O ônibus seguindo seu próximo destino, saia lentamente, e ele a olhar pela janela tentando avistar mais uma vez a mulher com quem sonhou, não avistou nada além de uma frase “pichada” na parede da estação, que dizia “o amanhã pode ser muito tarde para dizer o que precisa ser dito hoje.”

Essa foi a minha história (claro que não aconteceu da mesma forma, mas poderia). E essa pode ser a história de muitas pessoas, pode ser a sua também. Então, se você ama, corre lá e demonstra. Ao menos fala, faça a sua parte. Se você gosta, fala também. Se é uma pessoa especial pra você, fala isso pra ela. A vida é curta demais para sermos orgulhosos. A vida é muito curta, e essa de deixar pra depois pode acabar virando um nunca mais. Faça o que tem que ser feito agora, porque quando você menos espera é tarde demais, e o que era sonho pode virar um pesadelo.

Você vai gostar de ler também

0 comentários

Instagram @oquesintoempalavras

TEXTOS SOBRE PERSONAGENS DE SÉRIES, FILMES, LIVROS E MAIS!

Combates: Livros e HQ's que basearam Filmes e Séries!

D I S C L A I M E R

Todo o conteúdo publicado neste site é de autoria dos escritores/colunistas. O compartilhamento sem os devidos créditos é proibido. A maioria das imagens usadas são de reprodução da internet - caso sua imagem esteja aqui sem os créditos, entre em contato.

FRASE DO DIA